• Notícias Destaque!

    Bandidos confundem Bíblia com arma e atiram em pastor, no Rio de Janeiro



    Um pastor foi baleado na porta de sua igreja em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na manhã de quarta-feira (25). Marcos Paulo Morais, de 43 anos, chegava para um culto na Comunidade Projeto Resgatar Vidas, quando foi atingido por três tiros na entrada do prédio.
    Segundo a esposa de Marcos, Elisângela Morais, de 37 anos, os criminosos confundiram a Bíblia do pastor com uma arma, durante uma tentativa de assalto. O líder evangélico foi ferido de raspão na cabeça.
    Elisângela lembra que quando escutou o primeiro tiro, Marcos havia se abaixado em direção ao carro para pegar a Bíblia e o documento que havia esquecido dentro do automóvel.
    “Ele [Marcos] conta que, quando estacionou, deu passagem para um carro branco que parou bem perto. Ao sair, viu uma pessoa, mas não percebeu nada de diferente. Aí ele ouviu o som de disparo e achou que fosse uma bombinha, mas colocou a mão na cabeça e sentiu o sangue. Foi quando ele se jogou no chão”, relata a esposa do pastor.
    “Acreditamos que ele não ouviu anunciarem o assalto, e aí, quando foi pegar a Bíblia, o bandido achou que ele fosse sacar uma arma”, acrescenta.
    Além do ferimento na cabeça, Marcos foi atingido por estilhaços nas costas e na perna. Depois de acontecer o crime, foi possível contar pelo menos oito marcas de disparo no carro ocupado pelo pastor, um Fiat Idea preto comprado há apenas uma semana.
    Marcos é pastor auxiliar na Comunidade Projeto Resgatar Vidas há cinco anos, segundo a esposa. Ele também é bacharel em Direito e trabalha em um escritório de contabilidade. Ele foi inicialmente encaminhado ao Hospital Geral de Nova Iguaçu e, depois, transferido para o Hospital estadual Azevedo Lima, em Niterói.
    “Meu marido não tem inimigos. Ele só viu uma pessoa, mas não sabemos se havia outros assaltantes. Estamos muito assustados, mesmo nada tendo sido levado”, diz Elisângela. A delegacia de Nova Iguaçu investiga o caso.
    Violência
    Um caso semelhante aconteceu em novembro de 2016, também na Baixada Fluminense. O pastor Marco Aurélio Bezerra de Lima, de 48 anos, foi assassinado enquanto evangelizava traficantesno bairro São Leopoldo, em Belford Roxo.
    “Meu pai estava sentado no carro, no banco do carona, mostrando as fotos de traficantes que ele conseguiu levar para a igreja. Foi quando veio um cara, que parecia alterado, e atirou nele. O tiro pegou no ombro e atravessou o peito. O amigo do meu pai acelerou o carro e o levou até o Corpo de Bombeiros. Em seguida, foram para o Joca (Hospital municipal Jorge Júlio Costa dos Santos), mas ele já estava morto”, lamentou o filho do pastor, Jeremias Costa de Lima, de 23 anos.
    Pastor filiado à Assembleia de Deus Missão Sem Fronteiras, Marco Aurélio tinha o costume de evangelizar moradores das favelas naquela área. Ele deixou sua mulher e três filhos.
     Fonte: www.vejadetudo.com.br


    Post Top Ad

    authorSaiba um pouco sobre mim Reginaldo Silva, autor do Livro 60 Minutos no Paraíso e Nas Mãos de Deus Nascimento: 20 de julho (45 anos), Recife, Pernambuco Cônjuge: Paulinha (desde 1991) Estudou: Bacharel em Teologia Doutor em Teologia Pastor em nome de Jesus Empresário
    Leia Mais →

    Post Bottom Ad