Banco pode tomar o imóvel financiado para pagar outro empréstimo? - Pastor Reginaldo Silva
BLOG DO PASTOR REGINALDO SILVA - É DE IPOJUCA. É DO POVO
BLOG DO PASTOR REGINALDO SILVA - É DE IPOJUCA. É DO POVO

O dia mais bonito de nossas vidas!!!

É BOM ESTÁ PERTO DE QUEM TRANSMITE O BEM!!!

Versículos em destaque

Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.
Mateus 6:34
Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separe".
Mateus 19:6
"Não façam cortes no corpo por causa dos mortos nem tatuagens em vocês mesmos. Eu sou o Senhor.
Levítico 19:28

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Banco pode tomar o imóvel financiado para pagar outro empréstimo?

Leitor não está conseguindo pagar um empréstimo e também tem um imóvel financiado no banco, que ameaça tomar o bem caso não quite a dívida

Jovem com dúvida (panic_attack/Thinkstock)


Dúvida do leitor: Fiz um empréstimo pela conta da minha empresa e não estou conseguindo pagar as parcelas. Além desta dívida eu também tenho um imóvel financiado no banco. Segundo o banco, eles podem tomar o meu imóvel se eu não pagar a dívida. Me deram um prazo de cinco dias para pagar. Eu posso mesmo perder o imóvel?




Resposta de Ronaldo Gotlib*

Existem dois negócios e duas pessoas distintas, uma física e outra jurídica, cujo único fator em comum é a existência do mesmo credor, o banco. Ou seja, os negócios não têm nada em comum e não podem ser tratados como se estivessem, de alguma maneira, unidos.
Portanto, a informação passada de que a inadimplência registrada na pessoa jurídica provocaria um imediato prejuízo à pessoa física consiste em uma ameaça abusiva e ilegal.

Para cobrar a dívida da pessoa jurídica o banco deverá ingressar com uma ação na Justiça contra a sua empresa. Você, como sócio, poderá vir a responder por dívidas da empresa. Contudo, somente após o decorrer de um longo processo judicial.
Neste caso, respeitados os impedimentos previstos na lei da impenhorabilidade de bens, poderia haver a possibilidade de execução de imóvel, caso você tenha mais de um.

Caso existisse a possibilidade de o banco executar o seu imóvel financiado, ainda haveria de se levar em consideração que financiamentos imobiliários são realizados por meio de alienação fiduciária, que determina que o imóvel está obrigatoriamente alienado ao banco credor. Ou seja, este compromisso tem prioridade sobre o empréstimo.


Entendo que você está sendo vítima de coação, prática vedada pelo Código de Defesa do Consumidor e que pode fazer com que o banco seja penalizado com multas.

*Ronaldo Gotlib é consultor financeiro e advogado especializado nas áreas de Direito do Consumidor e Direito do Devedor. Autor dos livros “Dívidas? Tô Fora! – Um Guia para você sair do sufoco”, “Testamento – Como, onde, como e por que fazer”, “Casa Própria ou Causa Própria – A verdade sobre financiamentos habitacionais”, “Guia Jurídico do Mutuário e do candidato a Mutuário”, além de ser responsável pela elaboração do Estatuto de Proteção ao Devedor e ministrar palestras sobre educação financeira.

Envie suas dúvidas sobre dívidas para seudinheiro_exame@abril.com.br ou confira os conteúdos já publicados sobre esse e outros temas na seção Dívidas pessoais.
Fonte: exme