Polícia investiga desaparecimento de quatro adolescentes em Jaboatão, no Grande Recife - NOVA IPOJUCA - NOTÍCIAS

Notícias Quentes

Post Top Ad


Post Top Ad

sábado, 6 de maio de 2017

Polícia investiga desaparecimento de quatro adolescentes em Jaboatão, no Grande Recife

Jovens têm entre 12 e 16 anos e foram vistas pela última vez na terça (2), quando saíram de casa para ir à escola. Delegada responsável pela investigação descarta possibilidade de sequestro.



Polícia Civil investiga o desaparecimento de quatro adolescentes moradoras do bairro de Cajueiro, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com os pais das jovens, as jovens, que têm entre 12 e 16 anos, saíram de casa na terça-feira (2) para ir à escola, mas não voltaram. Na quarta-feira (3), o desaparecimento foi denunciado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DPCA). (Veja vídeo acima)

UM LIVRO PARA AS PESSOAS QUE AMAM JESUS DE TODO O SEU CORAÇÃO!
“Já procurei no bairro, na cidade, e não sei mais onde ir. Surgiu uma história de que elas estavam em Camaragibe e meus filhos foram atrás, mas não encontraram nada. Eu não sei mais onde procurar. Eu acredito que tem alguém ‘de maior’ envolvido nisso”, acredita o pai de uma das garotas. A delegada responsável pela investigação do caso, Vilaneida Aguiar, descarta a possibilidade de sequestro.
“Sabemos que elas saíram pela própria vontade. Uma delas chegou a escrever um bilhete para a mãe explicando que iria sair de casa. Desconfiamos que elas estão bem, porque houve contato com amigos. Não podemos passar mais detalhes para não atrapalhar o andamento das investigações, mas os esforços da polícia são para encontrar essas meninas”, frisa a delegada.

UM LIVRO PARA AS PESSOAS QUE AMAM JESUS DE TODO O SEU CORAÇÃO!
A polícia ouviu parentes das jovens Taynna Rufino, de 12 anos, Jamile Melo Delgado, de 12 anos, Mikaele Maria do Nascimento, de 16 anos, e Ana da Costa Nunes, de 13 anos. “Estamos chamando todas as pessoas que podem ter ideia de onde elas estão”, afirma a delegada. Os contatos sobre o paradeiro das garotas podem ser feitos através do número (81) 9 9488-7126 e do Disque 100.
Fonte: g1.globo.com/pernambuco/noticia


Tecnologia

Post Top Ad