• Notícias Destaque!

    Com pixotada de Muralha e "lei do ex", Sport vence primeira na Era Luxa contra Flamengo

    Goleiro falhou e gerou primeiro gol do Leão, que ampliou com Thomás, cria da base do time carioca; resultado leva o Sport à 9ª colocação, enquanto Fla cai para 14º

    RESUMÃO

    • O JOGO
      A lei do ex, amigos, é implacável. Nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro, o Flamengo foi vítima dela diante do Sport. O meia Thomás, cria da base carioca, marcou o segundo gol do Leão na vitória por 2 a 0. Antes disso, o goleiro Alex Muralha falhou e entregou bola no pé de Osvaldo para ele abrir o marcador com um golaço. Vitória pernambucana. A primeira na Era Vanderlei Luxemburgo.
    • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPO
      Se houvesse uma forma de dividir o primeiro tempo em três partes, ficaria assim: o Fla dominou o início da partida, o Sport foi melhor no meio e o trecho final foi equilibrado. O placar, porém, não se alterou. Tanto os donos da casa quanto os visitantes perderam oportunidades. A melhor dos pernambucanos foi com Rithely. Muralha defendeu. O Flamengo teve duas com Leandro Damião e um gol bem anulado de Diego.
    • DESTAQUESEGUNDO TEMPO
      Na volta do intervalo, o Sport voltou mais aceso. O Flamengo, mais desligado. Principalmente o goleiro Alex Muralha. Ele já havia errado duas vezes. O Leão não aproveitou. Na terceira, porém, não teve jeito. Osvaldo dominou passe errado do arqueiro e fez um belo gol de fora da área. No tempo restante, o time de Zé Ricardo tentou o empate - mas não teve forças para reagir. Já o Leão amplicou com Thomás, que provocou fazendo o símbolo de 87.
    • DESTAQUEAGRADOU
      Osvaldo foi um dos jogadores mais importante do Sport na partida. Não apenas pelo gol, mas pela movimentação, pela válvula de escape que foi pelo lado de campo. É verdade que, por vezes, exagerou na individualidade. Mas o gol - o primeiro pelo Leão - coroou uma boa participação do atacante do Sport.
    • DESTAQUEFOI MAL
      Embaixo do gol Alex Muralha não errou. Até defendeu chute de Rithely cara a cara no primeiro tempo. Mas falhou em duas saídas de bola e ainda pegou com a mão um recuo perigoso de Pará. Num dos erros seguidos, Osvaldo aproveitou e fez um golaço. O goleiro do Flamengo, que já chegou vaiado por alguns torcedores no Recife, vive momento de insegurança nítida no gol rubro-negro.
    • DESTAQUEESTREANTE
      O volante/lateral-esquerdo Patrick nem bem chegou e já estreou pelo Sport. Substituto de Mena na ala, o jogador teve participação discreta na partida. Não brilhou, tampouco comprometeu. Deve ter mais chances nos próximos jogos - já que o chileno vai desfalcar o time por um bom tempo.
    • DESTAQUEA VOLTA
      No primeiro jogo como titular depois da lesão, Diego, longe de ser brilhante, foi, como de hábito, lúcido e participativo. Criou jogadas, tentou finalizar e até marcou bastante, voltando para marcar lateral e impedir contra-ataque. Saiu, cansado, aos 25 minutos do segundo tempo.
    • DESTAQUELEI DO EX
      A lei do ex é implacável. E favoreceu ao Sport. O meia Thomás entrou no segundo tempo e resolveu o jogo para o Leão. Fez boa jogada individual e ainda contou com a sorte no desvio de Réver para marcar contra o clube que o lançou para o futebol. 
    • DESTAQUEETERNA POLÊMICA
      Quando Sport e Flamengo se enfrentam, o jogo sempre tem um tempero a mais. A pimenta de 1987. Diante do time carioca, que até hoje luta pelo reconhecimento do título, o Leão fez exposição na sede para mostrar a taça das bolinhas. O locutor do estádio anunciou isso mais de uma vez e conclamou os rubro-negros cariocas a verem "a verdadeira taça".
    • Fonte: http://globoesporte.globo.com/pe/futebol
    OLHO DE IPOJUCA - ESPORTES
    Com o povo e para o povo

    Post Top Ad

    authorSaiba um pouco sobre mim Reginaldo Silva, autor do Livro 60 Minutos no Paraíso e Nas Mãos de Deus Nascimento: 20 de julho (45 anos), Recife, Pernambuco Cônjuge: Paulinha (desde 1991) Estudou: Bacharel em Teologia Doutor em Teologia Pastor em nome de Jesus Empresário
    Leia Mais →

    Post Bottom Ad