Visita de Trump a Londres em dúvida após telefonema com May - Pastor Reginaldo Silva
BLOG DO PASTOR REGINALDO SILVA - É DE IPOJUCA. É DO POVO
BLOG DO PASTOR REGINALDO SILVA - É DE IPOJUCA. É DO POVO

O dia mais bonito de nossas vidas!!!

É BOM ESTÁ PERTO DE QUEM TRANSMITE O BEM!!!

Versículos em destaque

Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.
Mateus 6:34
Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separe".
Mateus 19:6
"Não façam cortes no corpo por causa dos mortos nem tatuagens em vocês mesmos. Eu sou o Senhor.
Levítico 19:28

domingo, 11 de junho de 2017

Visita de Trump a Londres em dúvida após telefonema com May

REUTERS/YURI GRIPAS


Oficialmente, Downing Street afirma que "não há alteração" nos planos

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, telefonou este domingo à primeira-ministra britânica, Theresa May, para lhe dizer que não iria aceitar o convite de Estado para visitar o país enquanto forem previsíveis protestos nas ruas.

A notícia foi avançada pelo jornal Guardian, que cita uma fonte presente na sala quando Theresa May recebeu o telefonema de Trump.

Ainda segundo o jornal, a primeira-ministra britânica ter-se-á mostrado surpreendida.

Horas mais tarde, oficialmente, o gabinete da primeira-ministra britânica afirmou que não iria "comentar sobre especulação acerca de conversas privadas ao telefone". E garantiu que "não há alterações nos planos" para a visita de Trump aos EUA.

Esta situação surge como mais um elemento da polémica gerada pela possibilidade da visita do Presidente dos Estados Unidos, que aceitou "de imediato" o convite feito pela primeira-ministra britânica quando esta visitou Washington, em janeiro.

Na altura, durante uma conferência de imprensa, May disse que convidou Trump a visitar o país em nome da Rainha, e o convite foi "aceite de imediato", acrescentou a chefe do Governo britânico.

No entanto, muitas vozes levantaram-se contra a ideia, tendo mesmo sido realizadas petições para tentar impedir que a visita se realizasse.

Também o presidente da Câmara dos Comuns, John Bercow, expressou a sua "forte oposição" a um discurso do líder norte-americano no Palácio de Westminster.
Fonte: www.dn.pt

OLHO DE IPOJUCA - NOTÍCIAS