NOVA IPOJUCA NOTÍCIAS - CASO MAITÊ PROENÇA: PAI MATOU A MÃE E SE MATOU ANOS DEPOIS. LEIA AQUI - Pastor Reginaldo Silva
É BOM ESTÁ PERTO DE QUEM TRANSMITE O BEM!!!

Versículos em destaque

Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.
Mateus 6:34
Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separe".
Mateus 19:6
"Não façam cortes no corpo por causa dos mortos nem tatuagens em vocês mesmos. Eu sou o Senhor.
Levítico 19:28

quarta-feira, 12 de julho de 2017

NOVA IPOJUCA NOTÍCIAS - CASO MAITÊ PROENÇA: PAI MATOU A MÃE E SE MATOU ANOS DEPOIS. LEIA AQUI


Ele suspeitava que a mulher o traía e iniciou uma investigação particular. Pai de duas crianças, uma delas Maitê Proença Gallo, hoje atriz da Globo, o procurador de Justiça Augusto Carlos Eduardo da Rocha Monteiro Gallo achou que o professor francês Ives Gentilhomme, que dava aulas para sua esposa, Margot Proença Gallo, era seu amante.
Tanto a empregada quanto Maitê foram inquiridas pelo procurador. Com 12 anos, Maitê declarou a um juiz de Campinas (SP), onde residiam, “ter visto o professor na cama da sua mãe, vestido de pijama”, relata a autora. Uma ex-empregada da família, segundo o livro, falou de um relacionamento de Margot, que era professora, com um ex-aluno, pois “eles ficavam trancados no escritório, quando o marido se ausentava da casa”. Com as evidências, Augusto marcou um encontro decisivo com a esposa.


Na discussão em casa, Margot recebeu 11 facadas do marido e morreu aos 37 anos, em 1970. Procurada, Maitê Proença disse a Gente: “O que tinha a falar fiz em depoimentos privados na Justiça e em plenário e diante de uma cidade inteira. Que alguém queira escrever um livro e ganhar dinheiro com a tragédia dos outros, tudo bem. Mas não gostaria de contribuir”.

em dois julgamentos. Maitê Proença foi testemunha de defesa e contou que “viu o professor (francês) dormindo no sofá-cama utilizado pela mãe, na manhã seguinte à realização de uma festa em sua casa”. O pai dela casou-se novamente, mas, em 1989, suicidou-se.

Fonte: http://www.jornaldopais.com.br/caso-maite-proenca-pai-matou-a-mae-e-se-matou-anos-depois-leia-aqui/



NOVA IPOJUCA - NOTÍCIAS
UMA NOVA ERA PARA O POVO IPOJUCANO