• Notícias Destaque!

    NOVA IPOJUCA TURISMO - Porto de Galinhas Passeio de Buggy: Muro Alto ao Pontal de Maracaípe


    O que fazer em Porto de Galinhas? Bom, conhecer o litoral de Porto de Galinhas não é tarefa muito difícil. O passeio de buggy cumpre bem essa missão, de explorar alguns dos pontos mais bonitos do litoral.
    O passeio vai até os extremos mais turísticos de Porto de Galinhas: de um lado a praia de Muro Alto e de outro lado o Pontal de Maracaípe: dois lugares incríveis.
    Praias menos conhecidas como Camboa, Enseadinha, Serrambi e Toquinho ficam de fora, pois estão além dos extremos citados acima.



    Mas é bom advertir. Ao contrário dos passeios de buggy do Ceará, por exemplo, os veículos não estão autorizados a percorrer todo o trajeto pela areia. A região é desova de tartarugas e corre o risco delas (ou de seus ovos) serem atropelados. Portanto, são poucos os trechos em que o buggy circula de fato na areia.
    Mas de qualquer forma, é um passeio que vale a pena e uma ótima forma de conferir as praias de Porto de Galinhas de ponta a ponta.

    Passeio de Buggy em Porto de Galinhas

    O que fazer em Porto de Galinhas: Muro Alto e Maracaípe

    Praia de Muro Alto é um dos destaques do passeio de buggy em Porto de Galinhas

    Houve um tempo em que eu e Cleber resolvemos ir a pé da Praia da Vila de Porto de Galinhas até a Praia de Muro Alto. Pois é, eu já fiz muita loucura nesse meu passado de viajante.
    Mas até que nem foi tão loucura assim. São cerca de 9 quilômetros de caminhada, já percorremos trechos maiores.



    Na ida, foi ótimo e conhecemos todas as praias do caminho. Não me lembro exatamente quanto tempo levamos, mas provavelmente umas 2 horas. Na volta, simplesmente não rolou. Estávamos muito cansados e conseguimos pegar um ônibus de volta à vila.
    Dessa vez, nada de bancar o andarilho.

    Quanto Custa

    Para fazer o passeio de buggy, existe uma associação dos bugueiros que tabelam o preço em R$ 200,00 para até quatro pessoas.
    Mas durante uma caminhada na praia das piscinas naturais, me oferecem R$ 150,00, provavelmente um bugueiro não credenciado. Sinceramente, não sei se vale o risco. Já fiz vários passeios de buggy que estragaram o programa.
    O buggy pode ser dividido em até 4 pessoas


    A quantidade de serviços oferecidos em Porto de Galinhas é enorme, portanto você não terá dificuldade de achar um bugueiro. Eles se concentram todos no centrinho da vila de Porto de Galinhas.
    Talvez seja mais difícil mesmo encontrar alguém para dividir o veículo com você, caso esteja sozinho ou em casal. Se não conseguir parceria, você terá que arcar com o valor de R$ 200,00 sozinho.

    Como Funciona o Passeio

    Converse direito com o bugueiro qual será o seu percurso e cobre isso dele. Quais são as paradas, quanto tempo em cada uma, qual a duração total do passeio, são todas informações que você deve averiguar antes de fechar.
    Tudo acertado, bora embarcar no buggy e seguir pela estrada. Andar de buggy é sempre muito gostoso, com o vento na cabeça e a sensação de liberdade de não estar “dentro” de um veículo.
    Mas confesso que andar de buggy em ruas normais ou até mesmo numa rodovia, não é dos passeios mais legais. Mas vez por outra surgem os paraísos e o primeiro que alcançamos foi a praia de Muro Alto.
    O passeio tem alguns trechos no asfalto: tudo para preservar a desova das tartarugas

    Praia de Muro Alto

    Paramos próximo da Barraca da Ana (que fica quase na divisa com a Praia da Camboa). Ao chegar, temos um mirante para toda a praia.
    Existem 2 ou 3 acessos para a Praia de Muro Alto. O acesso até a Barraca da Ana é o último deles.
    Praia de Muro Alto
    O resto da praia está protegido pelos resorts all inclusive que ficam por lá, como o Nannai e o Summerville. Nesses casos, o acesso é dificultado.

    Assim como para as piscinas naturais, a diversão é maior se você for para Muro Alto na maré baixa. Uma enorme piscina natural é formada pelos recifes, onde é possível andar de caiaque ou de SUP. O mar fica bem tranquilo, principalmente na maré vazante.

    Praia do Cupe e Praia de Maracaípe

    De Muro Alto, seguimos para Maracaípe. Esse trecho é quase todo feito por ruas normais, exceto um pequeno trecho que entramos na Praia do Cupe (com ondas fortes) e passamos em frente aos hotéis Village e Best Western Vivá. Foi uma delícia encontrar com o mar dentro do bugue.



    Logo no início de Maracaípe (que fica bem do ladinho da Praia da Vila de Porto de Galinhas), o buggy fez uma parada para fotos. De lá avista-se uma longa fileira de coqueiros e a praia em curva. Um vendedor de chapéu de palha chamou a atenção de todos.
    Chegada na Praia de Maracaípe e seu vasto coqueiral


    Maracaípe (“Maraca” para os íntimos) é a praia dos surfistas, devido às altas ondas. Por conta disso, acaba atraindo um perfil de visitantes diferente das demais praias. Pessoal jovem e mais descolado.
    No trecho mais bonito do percurso do buggy, passamos por um coqueiral, emoldurados pelo céu de azul absoluto que fez nesse dia.

    Passeio de Jangada no Pontal do Maracaípe

    E finalmente chegamos no ponto de embarque para o passeio de jangada pelo Rio Maracaípe. O passeio custa R$ 20,00 por pessoa e não está incluso no buggy.


    Assim como andar de buggy, andar de jangada é super gostoso e ótimo para filmagens. O fluxo do rio é muito calmo e um belo contraponto à adrenalina do buggy. Mas o melhor ainda estava por vir.
    Fonte: viagenscinematograficas.com.br/2016/07/porto-de-galinhas-passeio-buggy.html

    Post Top Ad

    authorSaiba um pouco sobre mim Reginaldo Silva, autor do Livro 60 Minutos no Paraíso e Nas Mãos de Deus Nascimento: 20 de julho (45 anos), Recife, Pernambuco Cônjuge: Paulinha (desde 1991) Estudou: Bacharel em Teologia Doutor em Teologia Pastor em nome de Jesus Empresário
    Leia Mais →

    Post Bottom Ad