• Notícias Destaque!

    OLHO DE IPOJUCA - Guia prático dos óleos para cabelos

    Tem de coco, de abacate, de jojoba... Qual deles é o ideal para os seus fios? Descubra!


    O óleo de coco é ideal para quem sofre com fios secos (Getty Images/Getty Images)

    Considerado um dos cosméticos essenciais na rotina de cuidados com os fios, o óleo capilar é capaz de nutrir, dar brilho e maciez, controlar o frizz, proteger de danos externos e muito mais. Não à toa, o produto conquistou rapidamente o posto de queridinhos entre as mulheres.
    Porém, diante das várias opções oferecidas pelo mercado, fica difícil saber qual a mais indicada às necessidades de seus fios, não é? Para ajudar você nessa escolha, investigamos as qualidades de cada óleo e a melhor forma de usá-lo. A maioria é um aliado e tanto para hidratar as madeixas, mas cada um com algumas diferenças entre si. Veja só!


    _____________________________________________________________

    Benefícios: rico em vitaminas e ácidos graxos, penetra na parte mais interna dos fios, oferecendo nutrição profunda.
    Indicado para: quem sofre com fios secos, faz chapinha e escova com frequência e está com o cabelo danificado.
    Como usar: passe o produto em todo o comprimento e deixe agir por algumas horas. “Se quiser, aplique à noite, antes de dormir, e lave pela manhã. Para um resultado mais rápido, use uma fonte de calor, como toalha aquecida ou touca, para acelerar o processo”, ensina Edu Hyde, um dos cabeleireiros do programa “Troca de Estilo”, da Discovery Channel.
    _____________________________________________________________

    Benefícios: extraído da noz de uma palmeira nativa das ilhas do Caribe, o ojon é rico em antioxidantes, lipídeos e aminoácidos, componentes naturalmente presentes na fibra capilar. Por isso, pode ser usado como um tratamento intensivo para a saúde e a beleza dos fios.
    Indicado para: recuperar os cabelos muito danificados.
    Como usar: de duas a três vezes na semana, pois é muito potente; se aplicado em excesso, pode deixar os fios opacos e pesados. Use com um creme de hidratação ou após o shampoo, antes do condicionador.
    _____________________________________________________________

    Benefícios: também conhecido como óleo de mamona, é extraído dessa planta bastante comum no Brasil. “Por ter em sua composição ômega-6 e 9, estimula o couro cabeludo e os folículos pilosos, fazendo com que os fios cresçam mais fortes”, explica Diego Queiroz, cabeleireiro do Salão 1838.
    Indicado para: quem tem cabelo fraco e quebradiço.
    Como usar: “A dica é colocar algumas gotas no condicionador ou na máscara hidratante. Essa mistura deve ser usada durante o banho e retirada após alguns minutos de ação”, indica Queiroz.
    _____________________________________________________________

    Benefícios: rico em agentes antioxidantes e vitaminas, nutre profundamente e melhora a elasticidade do cabelo.
    Indicado para: segundo Queiroz, é o óleo mais indicado para quem tem cabelo afro, que é mais frágil e tende a ressecar nas pontas.
    Como usar: “Há várias formas: misturado ao shampoo ou condicionador; aplicado nas pontas (apenas algumas gotinhas) como finalizador; ou no comprimento, como protetor térmico. Pode ainda ser misturado à tintura, para ajudar a deixar os fios mais hidratados durante o processo de coloração”, sugere o cabeleireiro. Só evite usá-lo com frequência para não deixar os fios com aspecto oleoso.
    _____________________________________________________________

    Benefícios: o óleo de abacate contribui para a retenção de água na fibra capilar, sendo um aliado e tanto para quem precisa de uma força na hidratação e ganhar maciez.
    Indicado para: cabelos que estão opacos e ásperos.
    Como usar: aplique o óleo no cabelo seco, depois envolva a cabeça com uma toalha quente e deixe agir de 30 minutos a uma hora. Se preferir, passe nos fios antes de dormir e lave no dia seguinte, enxaguando bem.
    _____________________________________________________________

    Benefícios: rico em ácidos graxos, vitaminas, substâncias antioxidantes e minerais, ele protege o cabelo dos problemas causados pelas químicas, evita o envelhecimento dos fios e melhora a elasticidade.
    Indicado para: cabelos crespos e cacheados, pois sua ação regenerativa ajuda a controlar o volume e o frizz.  
    Como usar: “Como possui alto poder de absorção, o óleo de macadâmia, diferentemente de alguns outros óleos, não deixa o cabelo com aspecto oleoso. Por isso mesmo, pode ser aplicado nos fios já lavados, sem deixá-los pesados”, explica Diego Queiroz.
    _____________________________________________________________

    Benefícios: graças à sua altíssima concentração de ceramidas, além de minerais e vitaminas, é um poderoso aliado em tratamentos para o couro cabeludo.
    Indicado para: quem sofre com excesso de oleosidade no couro cabeludo e queda de cabelo.
    Como usar: para diminuir a oleosidade, faça uma massagem com três gotinhas em todo o couro cabeludo, antes de lavar o cabelo. “Fique tranquila, pois, apesar de ser um óleo, é leve e oferece rápida absorção”, avisa Diego Queiroz.
     _____________________________________________________________
    Fonte: mdemulher.abril.com.br/blog

    OLHO DE IPOJUCA
    UM POVO BEM SERVIDO, É UM POVO FELIZ!

    Post Top Ad

    authorSaiba um pouco sobre mim Reginaldo Silva, autor do Livro 60 Minutos no Paraíso e Nas Mãos de Deus Nascimento: 20 de julho (45 anos), Recife, Pernambuco Cônjuge: Paulinha (desde 1991) Estudou: Bacharel em Teologia Doutor em Teologia Pastor em nome de Jesus Empresário
    Leia Mais →

    Post Bottom Ad