• Notícias Destaque!

    Os 10 países com as maiores taxas de homicídios do mundo

    Os 10 países com as maiores taxas de homicídios do mundo
    Todos desejam viver em um bairro seguro. No entanto, em muitas partes do mundo, isso é um luxo que algumas apenas pessoas têm. Um novo relatório divulgado por Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) serve como lembrete austero de como as taxas de homicídio variam drasticamente de país a país.
    O Global Study on Homicide de 2013 descobriu que quase meio milhão de pessoas foram intencionalmente assassinadas em 2012, e os assassinatos foram em grande parte concentrados em 2 regiões, Américas e África.
    UNODC define homicídio como, “uma morte ilegal intencionalmente causada a uma pessoa por outra pessoa”, não diretamente relacionado a um conflito armado. Os dados são coletados de cada aplicação da lei ou autoridades de saúde do país, ou onde isto não é disponível, das estimativas da Organização Mundial de Saúde.
    Segundo o estudo, quase metade dos 437.000 assassinatos ocorreram em países com apenas 11 por cento da população global. Em 2012, as Américas ultrapassaram a África, como a região com a maior taxa de assassinatos.
    Infelizmente, a concentração da violência mortal em partes específicas do globo não é nada nova. As taxas de homicídio nas Américas mantiveram-se altas por décadas, em torno de 5 para 8 vezes maior do que a Europa e Ásia desde a década de 1950, segundo o relatório.
    E de modo significativo, a ONU observa que as Américas têm uma taxa de condenação muito inferior por assassinato, em 24 por cento, comparada a 48 por cento na Ásia e 81 por cento na Europa.
    10°
    Colômbia

    Como a Colômbia se esforça para acabar com um conflito interno de 50 anos, a taxa de homicídio no país continua a ser alta, em 30.8 a cada 100.000 habitantes em 2012. O destaque é para mulheres que marcham durante uma manifestação para exigir paz e contra a discriminação em Bogotá, Colômbia em 2013.
    África do Sul

    A África do Sul é ainda um dos países mais perigosos do mundo, mas quase ficou pela metade a taxa de homicídio nas últimas décadas. Em 2012, a taxa de homicídio do país ficou em 31 assassinatos para cada 100.000 pessoas, comparada com 64.5 por 100.000 em 1995.
    São Cristóvão e Nevis

    São Cristóvão e Nevis tem uma proporção alta de assassinatos relativa à sua pequena população, de 33.6 por 100.000 em 2012. O número real de homicídios registrado foi de apenas 18, não representa muito, mas numa população de menos de 50 mil, é alarmante.
    Suazilândia

    A Suazilândia também tem uma proporção alta de assassinatos relativa à sua pequena população, 33.8 assassinatos a cada 100.000 habitantes em 2012. Infelizmente, o fato o coloca em 7° no ranking mundial dos países mais violentos.
    Jamaica

    A luta da Jamaica contra drogas e crime organizado reduziu a taxa de homicídio do país desde 2009, mas permanece um dos países mais perigosos do mundo, com 39.3 assassinatos a cada 100.000 habitantes em 2012.
    Guatemala

    A Guatemala, com 39.9 homicídios para cada 100.000 habitantes em 2012, ainda se esforça para conter o legado violento de uma guerra civil de 36 anos. As mulheres e homens indianos ixil, cujos membros da família foram mortos na guerra civil do país, celebram o veredicto de culpado do juiz para ex-ditador Jose Efrain Rios Montt da Guatemala, em 2013.
    El Salvador

    A taxa de assassinato de El Salvador em 2012 foi de 41.2 por 100.000 habitantes, a quarta maior do mundo. Os membros de gangues mascarados entregaram armas durante um ato simbólico por paz em Gerardo Barrios Square em San Salvador, 2012.
    Belize

    O crime do país teve uma taxa de homicídio de 44.7 mortes para cada 100.000 habitantes em 2012. Os soldados do país são colocados em partes de Belize City onde a violência das gangues é mais elevada, fato de 2011.
    Venezuela

    A taxa de homicídio crescente da Venezuela, que ficou em 53.7 mortes para cada 100.000 habitantes em 2012, foi um catalisador por trás da onda de protestos contra o governo que abalaram o país desde o começo de 2014.
    Honduras

    A posição líder nesta seleção dos 10 países com as maiores taxas de homicídios do mundo é de Honduras. A taxa de homicídio do país de 90.4 para cada 100.000 habitantes chama atenção. A violência de gangues do país e penetração por cartéis de droga dobra sua taxa de homicídios tornando-se o país mais perigoso do mundo.










    Post Top Ad

    authorSaiba um pouco sobre mim Reginaldo Silva, autor do Livro 60 Minutos no Paraíso e Nas Mãos de Deus Nascimento: 20 de julho (45 anos), Recife, Pernambuco Cônjuge: Paulinha (desde 1991) Estudou: Bacharel em Teologia Doutor em Teologia Pastor em nome de Jesus Empresário
    Leia Mais →

    Post Bottom Ad